Veni Vidi Vinci

video


Esse documentário foi produzido pelos alunos de Jornalismo Pamela Oliveira, Raphael Oliveira, Tamyris Torres, Juliana Botelho, Cristina Jeickel e Alan Borher.

Veni Vidi Vinci conta a história do ex-fuzileiro naval Vinicius pontes que teve de reestruturar toda sua vida depois de um acidente de trânsito que o deixou paraplégico.

Obrigado por assistir. ;)

4 comentários:

rafael | 2 de agosto de 2009 06:16

gostei muito do trabalho, eu sempre achei super importante esse tipo de mensagem, o jornalismo tambem pode ser usado como fonte de esperança, nos mostrando as dificuldades que pessoas como Vinicius Pontes passam longo a vida, e superam, com força de vontade e firmeza, e nos fazendo perceber que a vida segue em frente, ate mesmo pra quem sofre/sofreu mais que nos, que com confiança podemos superar tudo.
Ainda mais quando é bem feito, o projeto ficou otimo, a mensagem é linda, e a dedicaçao de voces tem de ser reconhecida, parabens.

-Rafinha Rosa.

Tamyris Torres | 4 de agosto de 2009 10:00

nossa....gostei da crítica favorável rs
Eu tb não sei porque gosto muito desse documentário rs...Foi bastante complexo rsrsrs
Vai melhorar...rs beijão e vou fazer isso no meu blog tb kkk

FERNANDO HUMBERTO RAQUEL BORGES | 7 de agosto de 2009 20:41

Parabéns! achei ótimo o trabalho de vocês, também faço jornalismo e sei das dificuldades de se fazer um projeto como esse. Foi muito delicado e real, nós jornalistas precisamos mostrar o que vocês mostraram no documentário: pessoas, histórias, vida de verdade!

Uns em Um | 8 de agosto de 2009 04:26

Gostei muito da história do Vinicius. O cara é um guerreiro e achei uma ótima sacada dar voz à esse contexto.
Tecnicamente achei que poderia ter tido um pouco mais de atenção no áudio e no video (Luz, cor e tratamento nas fotos). Fora isso, a história está bem contada de forma clara, objetiva e emocionante.
Parabéns para toda equipe. É sempre bom saber que não estamos sozinhos na essência, mesmo que nossas lutas sejam diferentes. Abraços para todos e um especial para o Vinicius que também é bastante desenvolto.
Valeu