White music




O que me leva a gostar tanto de velharias?
Dizem que o termo certo, e mais “Cult”, é vintage...
Gostaria muito de ter um toca-discos e um armário cheio de LPs, gostaria muito de ter uma Moto custom do “arco da velha” totalmente modificada por mim e roupas legais como as que os caras do strokes usam.
Mudando de assunto... Um dia desses estava pensando: Putz, acho que algum cara morto lá na áfrica deve estar se revirando no tumulo agora.
Recentemente fui num festival de musica na Apoteose que trazia como atrações as bandas Kraftwerk, Los Hermanos e Radiohead.
Qual foi a minha surpresa quando eu me peguei no meio da arquibancada olhando em volta e percebendo que pelo menos 97% das pessoas no local eram brancas.
Eu era um negro num local, tradicional das escolas de samba, que estava sendo tomado por indies que iriam ouvir uma banda alemã de musica eletrônica, uma brasileira que tem um dos vocalistas em carreira internacional e outra inglesa que faz juz ao titulo de alternativa.
Definitivamente tive ma crise de identidade...
Pelo menos gosto de futebol, blues, samba e moro em Nilópolis (a terra da beija-flor)...

2 comentários:

Camilla Azuos | 19 de abril de 2009 00:19

Cara..
adoro velharias tb!
Meu pc tem de tudo!
R.E.M., Natalie Imbruglia, Roxette, MOrrissey, Alceu Valença...
ISSO é música, ou música é "se o mágico faz mágica a feiticeira faz feitiço"?!
enfim...
xD

Felipe Attie | 21 de abril de 2009 07:33

Desde quando tú é negro Raphael?