Madrugadas

Hoje pensei que algo fosse mudar.
Não sei explicar o que quero dizer e muito menos como posso dizer, mas esperei que algo fosse mudar.
Não tenho um motivo especial e na verdade tudo aponta para o lado contrário.
Eu simplesmente esperei que talvez algo fosse mudar.
Olhei para o telefone jogado sobre minha mesa no trabalho e desejei, com todas as minhas forças, que um nome aparecesse numa ligação.
Não deu certo.
Minha distração latejava em meus afazeres e parecia querer me denunciar a qualquer custo para quem quisesse ver.
Um vestido pérola só me faz ter mais certeza de que tem algo de muito errado comigo... Acho que não sou mais o mesmo.
Não ligo para quem esta do meu lado e termino minhas noites criando teorias sobre alguém que esta em outro lugar com outra pessoa.
Mulheres não gostam quando você diz que gosta de outra garota por mais que ela queira ficar com você.
Qual a diversão em falar de alguém que não escolheu você?
Para mim parece vital, pois insisto em dizer isso toda madrugada a infortunada que cai na lábia dessa grande pessoa falsa que venho sendo.
Acho que faço isso só para provar para mim mesmo que ainda posso ter alguém mesmo que eu não queira e consiga estar estragando tudo antes mesmo de qualquer ato.
No momento sou falso comigo e com quem esta em minha companhia, pois sei que por mais que eu tente, force e procure não existem duas pessoas iguais no mundo.
Talvez eu devesse esquecer, mas eu não consigo, eu não posso e eu não quero.
A garota de vestido pérola me disse que fiquei estranho e perguntou certa vez por que eu não a beijei.

-Por que eu gosto de outra garota
-Eu não ligo. Hoje não...
-Eu ligo
-Por que você saiu comigo hoje então?
-Por que sou um idiota
-Disso eu tenho certeza

Eu não me importei.
Simplesmente não me importei com a situação por que se tornou normal, por que eu me tornei falso... Até para mim mesmo.

0 comentários: