A pedra e o rio

Joguei minha pedra no rio e ela só quicou uma vez
Joguei minha pedra no rio e ela talvez...
Talvez ela simplesmente tenha afundado
Não é o que diz a lei da gravidade?

Odeio a lei da gravidade, mas gosto da minha pedra
Odeio seu único quicar, mas gosto de sua inanimação
Minha pedra existe há muito tempo
Pedras são milenares e tem histórias que existem antes mesmo de eu a precipitar contra o rio

Ela deveria ser uma grande rocha e hoje é uma pedra
Ela devia ser grandiosa e hoje é uma pedra
A única pedra
A minha pedra

Dentre todas as pedras que existiam na beira foi a que escolhi
Não pelas suas chances de sucesso e seu formato propício
Mas por ser uma pedra diferenciada
Uma pedra que me chamou a atenção

Talvez por que ela seja pedra
Talvez por que ela seja viva
Talvez por que ela seja inanimada
Talvez por ser a melhor pedra dentre todas as outras
Não para as outras, mas para mim

Para mim é a melhor pedra que eu já tive

2 comentários:

José Anchieta | 17 de novembro de 2010 01:53

Existe uma pedra angular meu querido, pedra de esquina rejeitada por muitos, mas que há muitos dá salvação e traz esperança, e esta pedra é querídissima dos que a amam. Será que esta é a sua pedra? (Rocha de Sião) Ah! se os usuários de crack descobrissem esta pedra maravilhosa... Teriam o milagre em suas vidas, O milagre de abandonar o vício e provar desta pedra indescrítivelmente vivíficadora e real. Um abraço! (Perdoe as minhas muitas palavras, eu estava apenas matutando)

Camilla Azuos | 21 de novembro de 2010 09:13

ADOREI.
Mostra que devemos dar valor as NOSSAS coisas, por mais pequeninas que sejam, mas que são nossas. Amá-las até o último minuto, sempre.
O amor é tão belo como as canções dizem, mas ninguém pode sentir se não amar de verdade.
Sem olhar cor, tamanho, valor.
O importante é simplesmente amar e dar valor para que não seja tarde demais quando esta coisa for embora. Ou quando você for embora.